Santacine

Conheça o Santacine e o que ele pode fazer pela sua empresa

Conheça Melhor

Notícias

Publicados os cinco novos editais do Audiovisual

Publicados os cinco novos editais do Audiovisual

A SAv anunciou o lançamento do programa de fomento à produção audiovisual brasileira/2011, visando à realização de cinco editais.

Confira abaixo as informações sobre os editais:
 
Edital de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Cinematográficas, Inéditas, de Ficção, de Baixo Orçamento – apoiará, com até R$ 1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais), a produção de 10 (dez) projetos. Confira aqui o edital.
 
Edital de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Inéditas de Curta Metragem, do Gênero Ficção, Documentário e Animação – fomentará a produção de até 25 (vinte e cinco) projetos, destinando apoio individual no valor de até R$ 100.000,00 (cem mil reais). Confira aqui o edital.
 
Edital de Apoio ao Desenvolvimento de Roteiros Cinematográficos Inéditos, de Ficção para Roteiristas Profissionais – tem o objetivo de selecionar até 13 (treze) projetos, que terão apoio individual no valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais). Confira aqui o edital.
 
Edital de Apoio ao Desenvolvimento de Roteiros Cinematográficos Inéditos, de Ficção para Roteiristas Estreantes – irá fomentar a produção de até 10 (dez) projetos, com o valor de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais) para cada um. Confira aqui o edital.
 
Edital de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Cinematográficas do Gênero Documental inéditas – prevê a seleção de até 5 (cinco) projetos, destinando apoio individual no valor de até R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais). Confira aqui o edital.
 
Informações: concurso.sav@cultura.gov.br

Santa Catarina no circuito do cinema nacional

Santa Catarina no circuito do cinema nacional

Confira matéria publicada no jornal O Globo desta quinta-feira, 15 de dezembro, sobre o audiovisual catarinense. Abaixo na íntegra:

Rodado em Florianópolis, “A antropóloga, dirigido por Zeca Pires ao custo de R$ 1,5 milhão, estreia no Rio nesta sexta-feira, na esteira de uma série de conquistas que o cinema de Santa Catarina, pouco conhecido fora do estado, contabilizou em 2011. Dois curtas catarinenses —  Mais ou menos”, de Alexander Antunes Siqueira,  e “Qual queijo você quer?”, de Cíntia Domit Bittar — ganharam prêmios nos principais festivais brasileiros. De Floripa veio também o documentário de 52 minutos “JK no exílio”, de Charles Cesconetto, que estreou em novembro. Agora é vez do filme de Zeca, sobre uma pesquisadora (Larissa Bracher) que se depara com elementos sobrenaturais. Nesta entrevista, o cineasta analisa o aumento da produção em sua terra natal.

O GLOBO: Representante de um estado sem tradição no longa-metragem, “A antropóloga”somou seis mil pagantes em sua trajetória comercial, limitada a Florianópolis. Mesmo sem astros famosos e sem um orçamento grande, o filme disputou o posto de representante brasileiro na briga por uma indicação ao Oscar de filme estrangeiro. De que maneira seu filme ainda pode contribuir para aumentar a visibilidade do cinema de Santa Catarina?

ZECA PIRES: A inclusão de filmes como “Qual queijo você quer?” em festivais e a estreia de “A antropóloga” mostram que estamos evoluindo em qualidade e quantidade. Essa evolução vem das políticas de fomento que trabalhamos para fazer funcionar e da chegada de uma nova turma, cheia de raça, formada pelos cursos de cinema, que está fazendo bons filmes.

Esse aumento da produção criou um novo perfil para o cinema catarinense?

Esses novos filmes mostram que nosso cinema é um mosaico fruto da influência cultural dos açorianos, dos italianos, dos alemães, dos poloneses e dos japoneses que marcaram presença na nossa colonização. E o nosso cinema se beneficia da nossa configuração geográfica.  As praias todas que temos formam um cenário natural.

Conhecido pelo thriller “Procuradas” (2004), que dirigiu com José Frazão, você aposta em elementos sobrenaturais típicos da colonização açoriana em “A antropóloga.  De que forma o filme lida com esse mosaico cultural de seu estado?

Meu trabalho no cinema, desde meus curtas, está ligado à cultura popular. E “A antropóloga”, que tem uma linguagem clássica, é fruto da observação dessa cultura à qual eu pertenço.

Você tem um projeto de longa sobre Antoine de Saint-Exupéry, o autor de “O pequeno príncipe. Quando filma? 

O filme se chama “O aviador francês” e está previsto para 2013. Marcelo Esteves, que é professor na Escola de Cinema Darcy Ribeiro, no Rio, está escrevendo o roteiro comigo. A trama aborda a passagem de Saint-Exupéry por Santa Catarina. (R.F.) ■

Exato Segundo finaliza curta "Dicionário"

Exato Segundo finaliza curta O curta-metragem Dicionário inspirado em conto do escritor e poeta catarinense Lindolf Bell foi rodado no mês de setembro em Blumenau e Timbó (SC), com direção de Ricardo Weschenfelder e produção da Exato Segundo. O filme fala sobre os sentidos que estão além da compreensão. Sobre como o nosso mundo pode, de uma hora para outra, perder a razão e adentrar o inexplicável e o que está oculto diante de nossos olhos.  O curta encontra-se em fase de finalização e a previsão é que seja lançado no primeiro semestre de 2012.  Dicionário foi o único projeto catarinense premiado no “Edital do Ministério da Cultura 01/2009 - Concurso de Apoio a Produção de Obras Inéditas de Curta Metragem”.


Fonte: divulgação Exato Segundo

Destaques da Novelo Filmes

Destaques da Novelo Filmes Em seu primeiro ano de existência a Novelo Filmes lançou o curta-metragem Qual Queijo Você Quer?, dirigido por Cíntia Domit Bittar e finalizado em junho de 2011, cuja vigorosa carreira em festivais culminou com os prêmios de Melhor Curta-Metragem, no 13o. Festival do Rio, Melhor Atriz, no Amazonas Film Festival e Melhor Atriz, Melhor Ator e Melhor Trilha Sonora, no Primeiro Plano - Festival de cinema de Juiz de Fora, além de um retorno de midia espontânea estimado em 100 mil reais. Produziu o videoclip da banda Beatrix, Mentira de Mentira, do selo CODIMUC, alcançando um nível intenso de compartilhamentos nas redes sociais resultando em uma média de 1000 acessos por dia em suas visualizações. Nesse interim, produziu videos institucionais e documentários - ainda em fase de finalização. 


Fonte: divulgação Novelo Filmes

MidiaEffects é a Produtora de Vídeo do ano

MidiaEffects  a Produtora de Vdeo do ano

A MidiaEffects foi consagrada como Produtora de Vídeo do ano no V Prêmio Catarinense de Propaganda. O evento promovido pelo Sinapro/SC contou com a participação de 22 agências que disputavam entre as categorias Mídia Impressa Jornal, Mídia Impressa Revista, Mídia Eletrônica Rádio, Mídia Eletrônica TV, Outdoor, Indoor, Internet, Design e Melhor Campanha. Houve também premiações especiais para Produtora de Áudio, Produtora de Vídeo (ham-ham), Agência Promocional, Agência, Anunciante e Profissional do Ano (diretor de arte, redator e diretor de criação), além de um Grand Prix e contou com a participação de jurados de grandes agências brasileiras.

Fonte: site da MidiaEffects 

Anterior 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 Próxima