Ações para fortalecer o audiovisual catarinense

 

Nossa luta por políticas públicas para o desenvolvimento do audiovisual em Santa Catarina é constante. Acompanhe no relatório abaixo nossos avanços, desdobramentos e principais realizações neste último ano.

 

Contamos com a colaboração de todos para continuarmos o trabalho do SANTACINE!

 

1 • Convenção Coletiva • Após uma série de reuniões, inclusive com a presença do mediador do Ministério do Trabalho, assinamos a Convenção Coletiva. Acreditamos que chegamos a uma convenção mais moderna e eficiente que a de São Paulo, anteriormente válida para Santa Catarina. 

 

2 • Deveres e direitos • Algumas empresas associadas ao SANTACINE foram fiscalizadas pelo Ministério do Trabalho, o que nos levou a solicitar uma reunião com a diretoria do SINTRACINE, realizada em 6 de julho. Chegamos a conclusão de que se faz necessário organizarmos um seminário para que ambos os sindicatos e seus associados tenham plena ciência dos seus deveres e direitos, tranquilizando o mercado, inclusive para compreender os critérios do Ministério do Trabalho em suas fiscalizações.

 

3 • Tabela de Publicidade • O colega Fernando Pereira Oliveira, nosso Diretor Secretário no SANTACINE se reuniu com a presidente do SINAPRO-SC, Rosa Estrella, que recebeu muito bem a nossa sugestão de tabela para publicidade e já a divulgou junto às agências de Santa Catarina. 

 

4 • FilmComission • Retomamos o assunto junto ao nosso parceiro Sapiens Parque. Acreditamos que, lentamente, estamos criando o ambiente para retornar ao governo estadual e regulamentar a lei de FilmComission estadual vigente, finalmente tirando o projeto do “papel”. 

 

5 • Criação do FUNCINE, fundo de investimento no audiovisual • Hoje há o ambiente necessário para criarmos o que pode ser um dos mais importantes catalisadores de uma política pública para o audiovisual em Santa Catarina, um fundo provado de investimento na cadeia produtiva do audiovisual. A empresa CVentures, gestora de um fundo de inovação no estado, está disposta a tocar o projeto. Contudo, cabe ao SANTACINE viabilizar um diagnóstico da região, para orientar a elaboração do estatuto do fundo, seus objetivos e valores percentuais de investimento por setor da cadeia produtiva do audiovisual. Iniciamos o diálogo com a UFSC e o SEBRAE neste sentido.

 

6 • PROJETA SUL • Desde 2009 o SANTACINE tem participado de uma ação conjunta com os colegas do Rio Grande do Sul e Paraná, com o objetivo de sistematizar ações políticas regionais, após a aprovação da Lei 12485. Estivemos juntos em audiência com o Diretor Presidente da ANCINE, Manoel Rangel, para ouvir quais serão as políticas no sentido de desenvolver a produção e a cadeia produtiva na região sul. A ANCINE se mostrou favorável à criação de linhas regionais para o Fundo Setorial Regional, e mais uma vez nos foi solicitado um diagnóstico, agora da região sul, que estamos elaborando junto ao RS e PR.

 

7 • Reuniões de trabalho • No dia 11 de julho os sindicatos patronais e ABDs se encontraram com a ANCINE e BRDE em Curitiba para iniciar uma série de reuniões de trabalho no sentido de formatar um plano de desenvolvimento da cadeia produtiva do audiovisual da região Sul em até 120 dias, a próxima reunião esta marcada para 16 de agosto em Porto Alegre.

 

8 • TV Pública em SC • Iniciamos o diálogo com o Sr. Fernando Crócomo, da TV UFSC, no sentido de compreender qual será a política da TV UFSC / TV BRASIL para a produção independente do Estado. Houve abertura para a criação de um conselho de programação, para discutir a ocupação do espaço da grade deixado pela TV Brasil para a produção regional.

 

9 • Apoio aos festivais • FAM - Florianópolis Audiovisual Mercosul, Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis e FAÇA – Festival Audiovisual Catarinense. O SANTACINE tem, sistematicamente, participado destes importantes festivais de cinema/audiovisual de Santa Catarina, apoiando iniciativas que visem qualificar e/ou discutir o mercado produtor independente. Tivemos a clínica de projetos no FAM2011, debate sobre TV e produção independente e reuniões com distribuidores durante a Mostra de Cinema Infantil, e agora, no FAÇA, o prêmio SANTACINE de produtora destaque catarinense. 

 

10 • Plano Nacional de Cultura • PArticipação no Fórum Estadual e reunião com a ABPITV. 

 

11 • MTE • Atualização do cadastro do SANTACINE no Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

 

12 • Filiação FIESC • Retomada do processo de filiação junto à FIESC, com apresentação do Sindicato na Câmara do Trabalho e aprovação da nossa filiação, levando ao agendamento da apresentação do setor para a diretoria da FIESC no dia 17 de agosto.

 

13 • Site • Atualização do website e criação do Santacine News (disparador de e-mails com novidades sobre o sindicato e os associados).

 

14 • Palestra • Realização de palestra ministrada pelo presidente do Sindicato, sobre Cinema 3D, e de palestras beneficentes, com arrecadação de doações para o Lar Recanto do Carinho, ministradas pelo presidente (Cinema 3D) e Ricardo Karan (Produção em cinema). 

 

15 • PROJETA SUL 2 • Realizamos, mais uma vez, durante o FAM 2012, o encontro PROJETA SUL entre as entidades do RS, PR e SC, além de convidar os dirigentes da ANCINE e TVs do Estado de SC para debate sobre a lei 12485, Fundo Setorial do Audiovisual e a regionalização. 

 

Diante destas ações, alguns desdobramentos se fazem urgente:

 

Retomar o censo do audiovisual catarinense e buscar parceiros como o SEBRAE e UFSC para realizar o diagnóstico do setor em Santa Catarina. 

 

Preparar material de apresentação que sirva para a reunião da diretoria da FIESC e outras finalidades.

 

Promover constante qualificação do setor, no sentido de que os projetos catarinenses se tornem mais competitivos no mercado brasileiro e no exterior. 

 

Promover debates junto aos associados nas diversas regiões do Estado, a fim de esclarecer e buscar mais colaboradores na execução das atuais metas. 

 

Saudações cinematográficas da diretoria do SANTACINE.

Contato


captcha
Powered by BreezingForms

Localização


Rodovia BR 101 nº km 211, 7235 - Distrito Industrial, SC, 88104-800 - Distrito Industrial, São José - SC, 88104-800